Soft Skills são valorizadas no momento de escolher entre dois candidatos praticamente “iguais”.

Na verdade, em um relatório do LinkedIn, cerca de 92% dos profissionais de aquisição relataram que essas habilidades são muito importantes no momento. Sendo, muitas vezes, ainda mais importantes do que as habilidades físicas dos candidatos.

Outros 89% disseram que, quando uma nova contratação não dá certo, é porque eles não possuem as habilidades básicas essenciais para preencher a vaga.

soft skills

DICA: Cursos de Graduação EaD na Estácio com desconto. Acesse agora: https://matriculas.estacio.br/cursos

Soft Skills: o que são?

As soft skills são uma combinação de habilidades pessoais, sociais e de comunicação. Com traços de caráter ou personalidade, atitudes, atributos para a carreira, inteligência social e quocientes de inteligência emocional. 

Essas habilidades permitem que os colaboradores naveguem em seu ambiente, trabalhem bem uns com os outros, tenham bons desempenhos e atinjam seus objetivos.

As principais habilidades sociais incluem:

  • Atitude
  • Comunicação, tanto habilidades de escuta quanto de fala
  • Ética de trabalho
  • Trabalho em equipe
  • Qualidades para manter a liderança
  • Gerenciamento de tempo
  • Tomadas de decisão
  • Podem resolver conflitos
  • Possuem pensamento crítico
  • Tem empatia
  • Busca por soluções de problemas

Com essas soft skills, pode ser bastante complicado para os gerentes de contratação e outros envolvidos avaliar os potenciais do candidato. 

Isso torna-se um conjunto de habilidades importantes dentro do mercado de trabalho, mas bastante evasivo.

Soft skills no mercado de trabalho estão em alta demanda

Uma das maiores demandas no momento do mercado de trabalho são as soft skills. As organizações estão buscando cada dia mais agregar valor aos seus negócios.

Um estudo descobriu que 93% dos líderes de contratação acham essas habilidades “essenciais” ou “muito importantes” no momento da decisão de contratação.

Além do mais, muitos empregadores relataram que suas habilidades sociais são mais importantes do que as tecnológicas. 

soft skills

Eles enfatizam a importância de liderança e capacidade de trabalhar em equipe como um dos maiores atributos ao recrutar recém-formados. Essas habilidades estão na frente de capacidades analíticas e quantitativas. 

Mesmo em áreas de carreiras mais técnicas, como no caso da tecnologia da informação ou saúde, mais de um quarto de todos os requisitos de habilidade incluem soft skills.

Resultados organizacionais: Pensamento crítico e criativo

Empregar uma equipe com força de trabalho de pensamentos críticos e criativos é essencial para a introdução de novas ideias, produtos e serviços.

Na verdade, as habilidades de pensamento crítico e criativo estão em segundo lugar dentro do Fórum Econômico Mundial de habilidades. Os quais colaboradores precisam para prosperar dentro da quarta revolução industrial.

Conforme a inteligência artificial e a automação nos negócios vão ganhando mais espaço, as habilidades de pensamento crítico e criativo serão mais do que necessárias.

Mas essas habilidades são escassas. De acordo com um relatório, 84% dos profissionais de RH encontraram um déficit dessas habilidades entre os candidatos à vaga.

Trabalho em equipe e comunicação

O trabalho em equipe, juntamente com a comunicação, são dois pontos fracos em muitas organizações e estão causando desafios para um maior desempenho e produtividade.

Segundo relatório, a maioria dos funcionários acredita que o desempenho do projeto de suas organizações deve passar por melhorias se a equipe trabalhar de forma colaborativa.

As colaborações bem sucedidas estão fortemente ligadas às boas habilidades de comunicação. 

Essa habilidade inclui ouvir atentamente os colegas de trabalho e engajar-se na solução de conflitos para diminuir os efeitos que a falta de comunicação podem causar.

Liderança

Um dos principais aspectos para uma boa liderança é a compaixão. Sendo assim, as equipes prosperam melhor quando seus líderes mostram preocupação com eles.

Pesquisas afirmam que as organizações com líderes compassivos tendem a se destacar na colaboração, uma habilidade-chave dentro do local de trabalho.

Portanto, a compaixão é o pré-requisito para uma comunicação eficaz e outras soft skills dentro do trabalho.

Soft Skills no trabalho são diferenciais no ambiente corporativo

Um dos panoramas atuais dos negócios envolve a comunicação, relacionamento e apresentação de sua organização de forma positiva ao público e aos colaboradores.

Possuir essas habilidades pessoais dentro do mercado de trabalho permite que as organizações usem de forma eficaz e eficiente as habilidades e conhecimentos técnicos.

É possível alcançar esses objetivos sem prejudicar as questões interpessoais, brigas internas e percepções precárias do público e do mercado.

O recrutamento para obter a combinação correta de habilidades pessoais requer uma abordagem medida e estratégica. Além disso, elas também requerem um investimento de tempo, paciência e instinto.

Certifique-se de pensar cuidadosamente sobre como você pode aprender mais sobre seus candidatos. Os contratantes também devem perguntar aos seus candidatos como eles acham que as habilidades pessoais podem o ajudar na função para a qual estão sendo entrevistados.

Ao invés de fazer perguntas começando com “você”, os entrevistadores devem começar com “o que você acha de” ou “como você faria?”

Através dessas respostas é possível verificar quão bom eles entendem a natureza e a posição para o que estão sendo requisitados. 

Soft Skills: qual a importância para o mercado de trabalho?